sábado, 9 de fevereiro de 2013

Com leves fricções de esperança

[Praia4.jpg]



abria os braços e tinha o tamanho exato da praia
fechava os olhos e era da mesma matéria que o mar
sentia na veia a fúria da água salgada
na beira da praia
a menina



na beira da praia
a mulher
que busca os mesmos sonhos de criança
 que sente ao afundar os pés na areia
que nada mudou
 que pertenço a ele
 ele é todo meu




Gota d'água by Chico Buarque on Grooveshark

3 comentários:

✿ chica disse...

Tu és demais! LINDÍSSIMAS tuas palavras! beijos,chica

Ana disse...

Sempre o mar e a praia que tanto nos inspira.

Beijinhos

Ana

Bia Hain disse...

Tem razão, Margoh...no fundo somos sempre as mesmas crianças que buscam o simples: ser feliz. O mar é ótima companhia. Um abraço!