quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Pois os tempos estão sendo tão duros









transforma a melancolia
em música  ritmada
usa a linguagem universal
das notas em
clave de Sol
faz do sal das minhas lágrimas
o gozo doce do
teu gosto
não vejas para lá de mim
não olhes para as transparências
que finjo
não me acordes do pesadelo
entra no meu retrato
transforma-te
em mim





inspirado na música
- picture
of my own 




[flutuar no ócio,
onde jardins
inventam
o amor...]

14 comentários:

JP disse...

Os tempos estão difíceis, sim, mas transforma a melancolia em música ritmada...mas acorda do pesadelo.


Beijo

Rovênia disse...

Nota divina para você. Amei a inspiração, a música e o vídeo. Lindíssimos. Vemos nos outros, e repudiamos, o que há de pior em nós. Nos negamos a enxergar os nossos defeitos. E temos pouco tempo. (Talvez), com certeza, eu morra com o tempo...

Ótimo fim de semana! Sua singela fã!

Dorli disse...

Oi querida,
Lindos e inteligentes escritos.
Obrigada pela visita
Lua Singular

Cidália Ferreira disse...

Pois!!!

Parece que não sou só eu, lool Gostei de ler..
Amanhã será outro dia

beijinhos

Pérola disse...

Que poesia tão quente e inspiradora.

Pedidos ousados que se adivinham.

beijos

Ricardo- águialivre disse...

Poema maravilhoso fazendo da escrita pura sedução e arte

Deixo cumprimentos
...
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Maria do Sol disse...

Mexer no sentir inquieto...faz falta isso...
beijinho

Kaka Stelê disse...

Oi Margoh *-* em tempos difíceis a música é um bom esconderijo (é o meu,rs) que dom maravilhoso para escrever você tem e a música que escolheu é linda também.

Um Forte Abraço,tenha um lindo feriado =)

Pedro Coimbra disse...

Times they are a'changin'

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia.
Tempos difíceis todos nós temos,mais mesmo durante eles temos que olhar a vida com gratidão pela oportunidade de vivê-los.
Prova que estamos vivos rsrs.
Um ótimo feriado.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
em tempos difíceis existe sempre alguém (seu caso) que consegue escrever belos poemas, sinceramente este poema é maravilhoso.
Abraço
ag

Van disse...

Oi Margoh

A música ritmada que sai da sua alma poética é melodia das mais belas.

Que os tempos difíceis sejam verdes, da cor que fabrica dias melhores.

Beijos

J Araújo disse...

Linda sua poesia. Passei aqui para conhecer seu espaço. Parabéns!!

Vivi disse...

É de coração que te digo que quando aqui venho entro no paraíso por momentos. Adoro ler-te querida amiga.
As palavras que deixas no meu cantinho são a viva prova disso...em pouco dizes tanto que me toca profundamente no coração. A vida não me tem permitido regressar à blogosfera, mas não podia deixar de dar notícias aos amigos que nunca se esqueceram de nós.
Obrigada pelas palavras de carinho, cheias de força lá no meu cantinho e por continuares a caminhar ao nosso lado. Por aqui a luta continua com novas cirurgias, mas na certeza porém que a tempestade um dia acalmará, porque a fé, a esperança, o amor que nos une é indissolúvel e move montanhas.
Beijinhos com muito carinho
Vivi