terça-feira, 14 de janeiro de 2014

...e dispo as palavras das sílabas













te desejo com todas as
  palavras que conheço
   com os medos do escuro
    onde não estás

procuro a tua vontade no meu corpo
preciso da tua (in)quietação
como uma carícia na minha pele quente
nesta noite.







'I got birds that shiver in a forest so thick.
I got hands full of magic tricks'






12 comentários:

Rovênia disse...

Ui... de arrepiar! Despir as palavras das sílabas... Achei genial! Vou ouvir a música agora! :)

Pérola disse...

Uma vontade quente,
um pedido morno,
irrecusável.

Beijinhos

José Carlos Sant Anna disse...

Essa é a canção do coração só falta espuma, vento e mar...
Beijos, Margoh!

Pedro Coimbra disse...

Um poema muito sensual

JP disse...

Sol escaldante...num dia calmo.

Gostei da música :)))

Um Beijo

Júllio Machado disse...

Candente.
:):)
B² pra ocê.

Yasmine Lemos disse...

Necessário se despir de forma pura como criança.
beijo,beijo

Ricardo- águialivre disse...

LINDO...ARREPIANTE

Deixo abraço amigo
*****************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

รяª Nathalia disse...

In(quietação). Ambos se encaram (em silencio) e sabem o bem que o outro faz.

Rovênia disse...

Passando para dar um oi. Vc que escreve tanto, anda sumida. Em viagem? Bom fim de semana! :)

Silenciosamente ouvindo... disse...

Venho agradecer suas visitas aos
meus blogues e seus comentários.
Já me registei neste seu blogue
que acho muito interessante.
Espero visitá-lo sempre que
possa e você possa fazer o mesmo.
Tenho um blogue que só aceita
comentários, não aceita seguidores
que é:
http://sinfoniaesol.wordpress.com
se o puder visitar, ficaria feliz.
Bj.
Irene Alves

UIFPW08 disse...

Lindo poema...
Beijos meus
Morris