quarta-feira, 2 de abril de 2014

no suspiro do vento






(...)desejos não obedecem a lógica conhecida do tempo. alarmados pela freqüência com que se falavam, começavam a experimentar, cada qual por seu lado, sem consultar-se, essa peculiar avidez que distingue as relações promissoras das efêmeras, e que é menos uma impressão sentimental do que um efeito físico, semelhante ao que devem sentir os pulmões quando, depois de um intervalo de sufocação, voltam a receber uma injeção de ar. escutam sons harmoniosamente pacíficos.
sentem.(...)."





10 comentários:

M. disse...

E que avassalador efeito físico!
Beijinhos

✿ chica disse...

Maravilha palavras e imagem! bjs,chica

Cidália Ferreira disse...

Ohh Gostei muito ;-)

Visual muito fixe.

Beijinho e uma noite feliz

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Carmem Grinheiro disse...

Muito bom seu new look.
E os desejos também...

nota - não estranhe a "cara nova", é que adicionei o Google+.

bjo amigo

Crista disse...

Dá 3 tipos de nojo:
Palavras - Imagem - Maravilhosas
heheheeeeeeeeeeeee...pensou que era porque não tinha gostado,né????
Mas eu ADOREI!!!!!!!!!!!!

Natália disse...

O seu blog está lindo.
Linda musica e mensagem.
Beijos

Milene Lima disse...

Redundância: o layout tá lindo!
Obviedade: Você escreve lindo feito as folhas de outono que gostam de viajar no vento.
Fato: Amo-te!

Beijo!

Milene Lima disse...

Redundância: o layout tá lindo!
Obviedade: Você escreve lindo feito as folhas de outono que gostam de viajar no vento.
Fato: Amo-te!

Beijo!

A primeira estrela disse...

Que seja permanente a possibilidade de realizar um desejo! Ótimo texto :)

Pedro Coimbra disse...

Os desejos são, as mais das vezes, totalmente ilógicos, Margoh.
Beijos