terça-feira, 29 de julho de 2014

na verdade não há suspense








por onde andava ela levava na bolsa
a receita da aproximação de almas:
buscar o melhor silêncio
enquanto se faz do sorriso um abrigo

-mais soluções que respostas




13 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Pois... Adorei!

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

✿ chica disse...

UAU!!!LINDO!!! Como tudo por aqui!!DEZ! bjs praianos,chica

silvioafonso disse...

.

Ouvir o que ouço
ao pé do mar não
é bom. É ótimo, é
maravilhoso.

Beijos com gosto
de sol, de sal, ao
som do canto das
gaivotas...





.

Dilmar Gomes disse...

Amiga Margoh, a Clarice Lispector da poesia!
Um abraço. Tenhas uma boa noite.

Alfa & Ômega disse...

Quero sorrisos por abrigo
espalhados pelo vento a encontrar a alma perdida. Abração!

Nós poéticos & Literários disse...

Perfeito!!!!

~Vanessa Vieira

lis disse...

sair do chão e ver se consigo voar...
no silêncio imposto .
desnecessário respostas.
beijo

Pedro Coimbra disse...

O abraço terno que um sorriso sempre representa, Margoh

Ives disse...

às vezes é importante se abrigar no silêncio! abraços

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Margoh.
Boa receita ;)
bjo amigo

Rovênia disse...

Cada dia chego à conclusão de que a vida é um presente único, sem repetição. Vive mais, que absorve o tempo em todas as suas dimensões. Comecemos pelo nosso silêncio. Lindo, como sempre, amiga! :)

O Árabe disse...

Assim é: quando o assunto é amor, muitas vezes o silêncio diz mais do que muitas palavras. Belo post, boa semana.

José Carlos Sant Anna disse...

Na bolsa o acordo tácito consigo mesma: não esquecer o que os outros sentem.
Adorei o seu. Fique com os meus com direito a disseminá-los (rs)!
Bbeijos,