sábado, 4 de outubro de 2014

era bom simplesmente ser....




em alguns momentos a vida se mostra tão misteriosa que se perguntarmos - quem somos? tantas vezes podemos ser classificados e reclassificados como maremoto ou monotonia e assim como os caminhos se abrem, esses também se fecham. na vida é necessário acostumar-se com oscilações e vaivéns, aceitando que tudo que vai retorna, e que tudo que retorna irá embora um dia também. 
e nesses vaivéns não sei se te quero. não sei sobre mim. é difícil perceber o quanto somos complexo mas, mais difícil é admitir o quanto somos previsíveis.   as histórias mudam com muita rapidez. procuro por algo que me mova. por hora, fico parada observando não chego a conclusões – não sei se te quero. observo, irritada. não sei se quero saber. quero me mover, mover. mas fico aqui,observando. não sei sobre mim.porém, todos nós gostaríamos de ser, um para o outro, bálsamo, inferno e alegria.




9 comentários:

✿ chica disse...

Vim te ver, saber de ti e deixar um bjs praiano,chica

Cidália Ferreira disse...

Belo
Gostei de ler

Bom Domingo

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

ONG ALERTA disse...

Que maravilha, viver come sem vírgulas...
Beijo Lisette

Milene Lima disse...

Amei muito esse texto, ao ponto de tentar lê-lo como mensagem de voz, mas ficou um fiasco. Perdão!

Seguirei tentando. Beijo!

Simone Lima disse...

Nossa, que lindo! Às vezes é isso mesmo que queremos...

Beijoo'o

Arco-Íris de Frida disse...

E nesses oscilaçoes da vida... nao sei se me quero...

Beijos...

Helena disse...

Amiga, um poema que mostra com intensidade aquilo que por vezes nos dimensiona como seres imperfeitos a partir da oscilação entre o querer, o poder, a vontade, e a vontade de nada fazer, de ficar apenas vendo a vida passar, sem saber ao certo o que queremos, o que podemos e o que realmente desejamos fazer. O ser humano é muitas vezes de uma incoerência ímpar, acho que faz parte mesmo da natureza essa inércia de vez em quando, como se estivéssemos apenas tomando fôlego para prosseguir na jornada.
A imagem é muito sugestiva disso, pois muitas vezes temos mesmo um mundo na cabeça, trazendo a sua complexidade para dentro das nossas emoções.
Que tua semana seja de sorrisos e estrelas enfeitando o teu olhar.
Com carinho,
Helena

Pedro Coimbra disse...

Basta ser.....feliz.
Boa semana

AnaMar (pseudónimo) disse...

Belíssimo...
(já eu, abuso das reticências, num espraiar de emoções)

Lindo espaço este!