terça-feira, 21 de abril de 2015

Pela futura manhã


quintesenceofdust:

moon3:

mira-mel:

afrenchgentleman:

(via ohlubia, eroin)



meu bem querer, aparentemente, tudo é diferente do que realmente é. aqui é assim, transparente, porque o procurei assim, exatamente igual aos meus sonhos sem nevoeiro. aqueles, onde há crianças e sons cristalinos, tão limpos e cheios como casas ao domingo. é transparente como eu e tu, quando nos encontramos e, também, quando nos perdemos. não. o perder não é de nós. é dos outros. aqui  encontras uma mesa infinita, sorrisos ternos, olhares de alegria e mensageiro do vento colorido. encontras livros, flores, memórias sem mágoa, um mar imenso. eu sei que sabes. um gato? claro que tem um gato. vê bem. tem confidências, poemas e até um cais. o de sempre. porque se gostas de partir - e eu sei que gostas – tens no regresso a tua autenticidade. essa coisa de pertencer a um lugar. um dia, a um coração ou a qualquer vento que te chame. enfim, nada é o que parece ser. é por isso que é transparente. para veres tudo. intacto e sereno. como gostas. só não encontras o bem que te quero, porque o bem que te quero não cabe em nenhuma parte do mundo, nem sequer no mundo inteiro. 





12 comentários:

✿ chica disse...

Muito lindo,Margoh! De volta, bjs, chica

Andreia Morais disse...

Tão bonito, adorei!

Beijinhos*

Cidália Ferreira disse...

Lindo como sempre

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

lua singular disse...

Oi Margoh,
Quem ama foge a essa nossa triste realidade.
É um mundo fictício de sonhos.
Beijos

ania disse...

Que coisa mais linda de ler...ADOREI! abraço, ania..

MARIPA disse...


Que bela esta declaração de amor infinito!

Emocionei-me, Margoh.

Beijinho amigo.




Arnaldo Leles disse...

Que susto! Pensei que vc tinha removido o blog, mas trata-se de outro com o mesmo nome.Tenha um Bom dia, Margoh!

Arco-Íris de Frida disse...

Quero encontrar um lugar assim... transparente...

Aqui estou, gosto daqui...

Beijos...

Pedro Coimbra disse...

Seja bem regressada!
Em boa hora e com um belíssimo post.
Boa semana

Nidja Andrade disse...

A tolerância é um exercício diário e permanente. Se a gente desiste por um momento sequer, tem que começar tudo de novo. No amor não pode ser diferente.
AbraçO

Bia Hain disse...

Olá, Margoh! Lindo, lindo demais!!! Quando se tem certeza que o amor a oferecer nenhuma outra pessoa pode dar. Um abraço!

UIFPW08 disse...

Mi piace molto il post anche la foto è bella complimenti
Maurizio