sexta-feira, 7 de julho de 2017

o Coração esse mantém-se.

 
Nenhum texto alternativo automático disponível.




no caminho é tanta gente, são tantos rostos e mais rostos e gente absorta andando apressada, mosaico irrequieto de corpos opacos avançando sob as poucas luzes, luzes que mal dão conta de tantas frestas e esquinas quando a noite sobe do chão, sobe pelas pernas, paredes, até o céu onde nuvens alaranjadas emolduram o quadro.   sim, vieram tempestades, muitos dilúvios de lágrimas de tristeza e de alegria.  porém, vale a pena ser corajoso e proteger a capacidade de sentir. guardá-lo. sentir é o tesouro mais precioso. conhecê-lo. alimentá-lo muito bem! podem passar os anos e manter-se o mesmo sorriso interior porque é do Coração.....






2 comentários:

José Carlos Sant Anna disse...

Não, não quero ser um intruso no teu coração!
Beijos,

Arco-Íris de Frida disse...

O coração nos salva...

Beijos...