terça-feira, 16 de julho de 2013

Indispensável que as margens se estreitem....







na mistura de cores o silêncio era absoluto, parecia que súbitos pensamentos  passavam pelo mesmo lugar a todo tempo e encostavam nas paredes do meu próprio vento. vozes inaudíveis tentavam emergir sufocadas pela não existência de som, feneciam mesmo antes de tomar forma, desespero de quem tenta libertar-se das lamas sugadoras do pântano.   na superfície plana ergue-se suavemente um som audível e, nesse momento, foi o silêncio que me despertou, quebrou-se, deixando no ar um som cativante que foi preenchendo espaços mais ou menos vazios . é exaltante ver a outra margem cada vez mais próxima, em harmonia, para que a travessia se faça em segurança e com ligeireza.  sobra-me a liquidez do dia a dia e a petrificação de conceitos.






12 comentários:

Van disse...

Oi Margoh

Que se estreitem as margens, as relações e tudo mais que precisarmos alcançar.

Beijos

✿ chica disse...

lINDO, FAZ PENSAR,FAZ BEM TE LER! aDOREI A IMAGEM!! bjs praianos,chica

Samuel Balbinot disse...

Boa noite margoh.. sempre muito bom ler-te.. vc coloca a alma nas palavras. tens uma bela visão do todo.. parabens.. bjs e uma linda noite minha amiga

Fatima disse...

Oi Margoh!

Que na mistura de cores o seu silêncio te traga pensamentos e harmonia tão bonitos como esse

Um abraço

Maria Emilia Moreira disse...

Olá Margoh!
Que os sonhos em fiapos se vão tecendo...entrelaçando...reproduzindo novas vivências. Precisamos de ir mais além ,de realizar os nossos sonhos, como pão para a boca. Beijos.
M. Emília

lis disse...

'indispensável' que sejamos pontes maqoh e nessas margens nos encontremos ,
seu blog é lindo _ adorei essas aves azulando entre árvores,
obrigada por deixar-me estar contigo usufruindo da beleza,
beijinhos

R. R. Barcellos disse...

Quando as margens se estreitam
O rio corre mais fundo
A água corre mais rápido
O sonho voa mais leve...

Beijos.

vieira calado disse...

Olá, boa noite, como tem passado?
Quanto a mim, fiz umas férias, mas estou de volta!
Beijinhos!

* o visual do blog, é supreendente!

Pedro Coimbra disse...

Desde que o rio corra sempre....

Ricardo- águialivre disse...

Bom dia

E na imaginação fez-se silêncio
Na imagem em várias cores se fez a palavra e nessa mistura se fez a beleza do pensamento
Gostei muito de ler o texto feito poema

Fique feliz
*************************
Querendo, visitem-me ...Obrigado

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Existe Sempre Um Lugar disse...

Nunca sabemos e são as pedras que correm pelo rio que magoam, ou se, são as margens que magoam ao oprimir as pedras.
Estreitar as margens até se beijarem é o caminho para a felicidade.

Abraço

ag

Rovênia disse...

O som que mais me apaixona é o silêncio. Quando o alcanço posso escutar a natureza e o conforto desse coração que se esconde, mas é vivo!

... e a poesia de Caetano acalenta a vontade de sair cantando por aí! Beijos e ótimo dia!