quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Arremate de gestos novos





então você chega e cuida de minhas chagas, cuido das tuas [ no paraíso em que me perco].  o meu cheiro te acolherá com toques de lavanda.  depois, plantarei para ti margaridas da primavera e  no meu corpo somente você e leves vestidos, para serem tirados pelo total desejo de quimera.  sobre o  chão de pétalas  das nossas horas nos amamos em uivos, em dores, em apelo.










9 comentários:

Ritinha disse...

Que gostoso! Queria que alguem um dia fizesse algo assim pra mim, dedicar palavras desse jeitinho, me dando até as flores que mais amo, as margaridas.
Lindo isso!
bjs
Ritinha

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde Margoh.. cheiro de lavanda é tudooooo é um purificador da nossa alma.. tenha um lindo dia bjs

Minha vida de campo disse...

Linda poesia, o amor é assim temos carinho em dar felicidade ao outro.
Bjos e tenha um ótimo dia.

Júllio Machado disse...

Fiquei imaginando o vestido:
lindo linho branco transparente.

Contém: minha admiração.
:)

lis disse...

oi margoh
seus gestos sempre arrematam meu dia ou minhas madrugadas.
_ há sempre um novo brilho no olhar e nem te vejo... que pena! rs
muito lindo florzinha

Pedro Coimbra disse...

Sublime!!

Maria disse...

Linda a poesia..espatacular a imagem..parabéns!
bjs
Maria

Rovênia disse...

Se o amor chega intenso assim, em versos sensíveis, não me acho.
[Perfeição por aqui!] :)

Yasmine Lemos disse...

Que amor lindo e bom de viver.Um jardim só deles...
beijo