quarta-feira, 20 de agosto de 2014

pensei em enrolar o tempo...






mais um dia findando
continuo às voltas com o que sinto
 e com o que não quero sentir!
entre o ir e vir das ondas,
percebo que será sempre assim.





concentro-me
então
no
concreto?








(..) fechava os olhos para só haver noite
e ouvir o sopro do sonho
na luz imperfeita
jgf

6 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Margoh

Adorei o teu poste.

Beijos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Gostei muito!
Tenha um bom dia, querida.
Beijos,
Renata

Dorli disse...

Oi Margoh
Linda postagem
Concentre-se nas mudanças...
Beijos no coração
Lua Singular

Dilmar Gomes disse...

Amiga Margoh, passando por aqui para deixar um abraço. Tenhas uma linda tarde.

Arco-Íris de Frida disse...

Concentre-se nos seus sonhos... os sonhos tem o poder de mudar ate o que é concreto...

Beijos...

José Carlos Sant Anna disse...

Também me enrolo na teia colossal
de um cotidiano de aço!
Beijos, Margoh!