quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Qualquer flor me surpreenderá


há estrelas e noite
e eu sem saber onde
meu rosto é o sol
.
  .
    .
0s pés
mergulho
pra esquecer
o chão .
            .
              .


/

7 comentários:

✿ chica disse...

Tudo maravilhoso por aqui! Sempre mudando, inventando.Lindo! bs,chica

Pérola disse...

Um olhar, um suave pé descalço em areias de outras vidas.

Sensibilidade pura!

Beijo

Helena disse...

Que blog mais gostoso de se ler!
Cada verso parece saltitar na nossa alma e ao se aninhar no coração deixa lá sulcado um belo poema! Um encanto para o olhar!
Sensibilidade no aparar de fragmentos poéticos do cotidiano e delicadeza no postar. Parabéns pelo lindo espaço!
Deixo-te sorrisos brincando entre teus versos e estrelas iluminando ainda mais o teu olhar.
Com carinho,
Helena

Arco-Íris de Frida disse...

Quero mergulhar meus pés para poder voar...

Beijos...

Kaka Stelê disse...

Oi Margoh :) sua escrita faz a imaginação florir!

Beijão

Cidália Ferreira disse...

Adorei o poste. A foto é sugestiva.

Beijo´
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

José Carlos Sant Anna disse...

Ah! Se o mar tivesse olhos...
quanto é bom imaginar
o que a transparência
cobre...
Beijos, Margoj!