quinta-feira, 27 de novembro de 2014

não pense que o mundo acaba ali aonde a vista alcança



  eu só quero afetividade e a sua antiga arquitetura. a paisagem que tranquiliza o espírito.   a plenitude é um mistério de peles que se reconhecem sem questionamentos.   o amor é muitas vezes o Nirvana da espera silenciosa.   o gesto zen de busca natural entre as esperanças doces.  debaixo da relva a vida cresce todos os dias, de forma imperceptível.   os desejos não se desmancham no ar porque passou um vento rude.   
o desejo é um deus de mil faces...





12 comentários:

Nidja Andrade disse...

Nossa! Esse texto me soou ser de muito impacto dentro e fora de mim.
É quando você percebe que por mais que você tenha seus 30, 50, 70, 80 anos de vida. No final você se dá conta de que é realmente muito rápida. E porque será que de vez em quando acordamos com essa sensação de que nos falta algo, alguma coisa?

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso!

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Liza Leal disse...

E olha que esse deus traz um sopro que alivia as mazelas mais duras..

Teus sonhos..
Sempre um luxo.
=)

bjo Mar..

Solange Duarte disse...

adorei!! como sempre..

bjs.Sol

José Carlos Sant Anna disse...

[O desejo quando já cabe,
não se cala
sequer arrefece
fecunda-nos]
Beijos, Margoh!

Arco-Íris de Frida disse...

E eu consigo ver todas as faces desse deus...

Beijos...

Arco-Íris de Frida disse...

E eu conheço todas as faces desse deus...

Beijos...

Simone Lima disse...

Que perfeição nas tuas linhas. E sensibilidade extrema!!
Adorei!

Beijoo'o

Bia Hain disse...

O sentimento oculto entre silêncios e desejos é, em geral, o mais intenso e sublime. Um abraço!

S. disse...

"o desejo é um deus de mil faces... "

Que lindo!

Beijinho.

Carmem Grinheiro disse...

Boa noite Margoh,
«...os desejos não se desmancham no ar porque passou um vento rude.» - encanta e dá novo alento para amar cada vez mais, pois que aí reside a salvação e plenitude do ser.
lindo, Margoh

bjn amg

Fatima disse...

Oi Margoh!

Considero o amor desejos de encantos e sentimentos misteriosos.
Muito bonito sua forma afetiva de falar do amor.

um abraço

Meu novo Blog http://papyfm.blogspot.com.br/