terça-feira, 28 de maio de 2013

A alma é uma borboleta


a euforia,
quando enche o coração,
esvazia a nossa cabeça.

deixa um vento diferente
na estação
que estremece justo
nos últimos degraus

o vento que espasma
a vida
que é instante.






´ o instante em que me darás a mão, 
não mais por solidão, mas como eu agora: 
por amor.´
Clarice Lispector




7 comentários:

Minha vida de campo disse...

Que lindas palavras, a poesia expressa os mais profundos sentimentos e ânsia de uma amor.
Bjos e tenha uma ótima semana.

Rovênia disse...

A vida, um instante mesmo. Outro dia brincava nos galhos, enchia a boca de jabuticaba... Cada instante é uma vida. Preciosos instantes!

:) Não deixemos a grana destruir as coisas belas, como canta Caetano!

lis disse...

O valor do poeta é conhecido quando eles nos impressionam,
assim como uma 'alma de borboleta',
beijinhos margoh

Dorli disse...

Oi Querida

Sábia Cecília Meireles e sábia você pela escolha. Linda imagem
Beijos
Lua Singular

Nádia Santos disse...

Clarice Lispector... maravilhosa!Tudo que nos oferecem com amor é lindo. Bjus.

Pedro Coimbra disse...

Margot,
(Agora já não me esqueço do nome)
Qual o texto dos que publica que mais gosto.
Muito complicado escolher.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha querida !
Amei a poesia
Sonhar eborboletar....podemos sim.
Beijos